Como funciona a clonagem de cartões ?

Golpes e fraudes atualmente é um dos que costuma assustar e pegar várias pessoas de surpresa é o do cartão clonado.

Golpes e fraudes infelizmente existem há algum tempo, e atualmente um dos que costuma assustar e pegar várias pessoas de surpresa é o do cartão clonado.

Quem já teve a oportunidade de visualizar uma compra que não foi feita por você na fatura do cartão de crédito sabe que a sensação de insegurança é grande. E é aqui que fica a pergunta: como um cartão é clonado e o que fazer para se proteger ? 

Como acontece a clonagem de cartões ?

Segundo um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), mais de 3,6 milhões de consumidores já tiveram o cartão de crédito ou débito clonado.

Sempre que um cartão é clonado, todos os dados presentes nele são enviados para outro cartão, permitindo uma compra sem o seu consentimento. Mesmo que o chip presente em praticamente todos eles zere essa possibilidade nas compras físicas, ainda assim os criminosos conseguem burlar as seguranças e realizar tais transações.

Clicar em links maliciosos

Uma das formas mais comuns de ter o seu cartão clonado é quando você clica em links suspeitos que “direcionam” para a página de uma loja. Dessa maneira, quando a compra é finalizada e são informados os dados ao pagar com débito ou crédito, inconscientemente está liberando tais dados para os criminosos.

Cadastrar seus cartões em aplicativos

Outra maneira bastante comum é quando os dados do seu cartão estão cadastrados em algum aplicativo de compra. Em casos como esses, os hackers invadem o sistema da empresa em busca de dados para a realização de pagamentos, o que pode gerar grandes dores de cabeça posteriormente para todas as partes.

Divulgação de dados do cartão

Essa também é outra maneira bastante recorrente para ter os dados do seu cartão interceptado. Dessa forma, nunca revele essas informações em redes sociais, foto, papel de pão… Nenhum suporte está realmente 100% seguro para fazer esse tipo de divulgação. 

Como fazer para se proteger da clonagem de cartões ?

Apenas de ter lido os tópicos acima, já é possível ter uma ideia de algumas maneiras para se prevenir desse tipo de ação:

  • Faça suas compras apenas em site de confiança. Aquela oferta tentadora de um produto de R$ 1.000 sendo listado por R$ 300 deve ligar o seu radar de atenção;
  • Nunca publique fotos de seu cartão na internet, seja em rede social ou algum aplicativo para troca de mensagens;
  • Se a administradora do seu cartão oferecer, opte por usar a versão virtual do cartão de débito ou crédito.

Seguindo esses passos, você certamente vai evitar que os dados do seu “dinheiro de plástico” acabem indo parar mãos erradas. Se ainda assim isso acontecer, entre em contato com a sua operadora o mais rápido possível para realizar o bloqueio do cartão até que uma averiguação seja concluída.

Fonte: Mega curioso

Dê sua opinião:

Voltar para o topo