Faleceu aos 67 anos o diplomata piripiriense Raimundo Nonato da Silva

Raimundo Nonato da Silva nasceu na Sussuarana e atualmente era vice-Cônsul do Cotunu, na África

Faleceu ontem, aos 67 anos, o diplomata piripiriense Raimundo Nonato da Silva. Diplomata de carreira, ele nasceu na Sussuarana, zona rural de Piripiri e aos 12 anos viajou em busca de melhorias. Entrou no Itamaraty via concurso público e seu último cargo havia sido o de Vice-Cônsul no Cotunu na África.

Seu corpo está vindo da África para a localidade Sussuarana, onde será velado na capela da comunidade — seu filho Guilherme (padre) virá para celebrar missa de corpo presente. Após, será sepultado no cemitério do povoado com as despedidas dos seus conterrâneos. Lamentamos profundamente a perda desse ilustre piripiriense.

O Itamaraty publicou uma nota de condolências.

Dê sua opinião:

Voltar para o topo