Vítima de covid, idoso é enterrado em cova rasa no quintal de casa no Piauí

A Polícia Civil do Piauí apura as circunstâncias apesar de não ser crime

A Polícia Civil do Piauí apura as circunstâncias em que um idoso foi enterrado após morrer vítima de Covid-19 na zona rural da cidade de Campo Maior, distante 84 km de Teresina. O dono do terreno acionou na tarde de quinta-feira (9) a polícia após encontrar uma cova dentro da sua propriedade particular.

Ao chegar no local, a polícia civil constatou a presença da cova cavada de forma irregular com o corpo de um homem enterrado. Inicialmente, havia a suspeita de homicídio, descartada após análise do atestado de óbito.

Segundo o delegado em entrevista ao G1 diz que está investigando as circunstâncias do caso, Filipe Bonavides, a família não estava no local para prestar esclarecimentos sobre a morte, que aparentemente aconteceu há alguns meses. O delegado informou também que o caso não é considerado um crime.

“No interior é uma prática comum, a gente sabe que acontece demais. Estamos evoluindo na apuração e se trata de uma morte por Covid, há um registro médico atestando o falecimento e a sua causa”, esclareceu o delegado.

O corpo ainda permanece no local, e a exumação realizada pelo Instituto Médico Legal (IML) só acontecerá após autorização judicial, informou o delegado.

A prática, embora comum, não é permitida, em especial em casos de doenças contagiosas como Covid. Nestes casos, velório e sepultamentos precisam seguir protocolos de segurança. 

"Descartada a hipótese de crime, as autoridades sanitárias serão notificadas para procederem à adequação dos procedimentos para sepultamento apropriado do cadáver, sobretudo por se tratar de morte causada pela Covid-19, em que existem protocolos próprios", informou o delegado.

Fonte: FM Imperial

Dê sua opinião:

Voltar para o topo