Pedro II: Perícia aponta que advogada foi morta com sete facadas no pescoço

A informação da polícia é que ela teria sido atacada por por uma mulher, não identificada

A polícia técníco-científica esteve na tarde deste sábado (13), na residência da advogada Dra. Izadora Santos, de 41 anos, que foi encontrada morta, na sua residência na Rua Monsenhor Uchôa, no Centro da cidade de Pedro II. A informação da polícia é que ela teria sido atacada por uma mulher, não identificada, onde a mesma desferiu golpes de arma branca na região do pescoço da advogada, que teve morte imediata.

Segundo o perito Técnico Wilson, após a perícia preliminar, o corpo foi encaminhado para Teresina onde foi realizado exame cadavérico e emitido para o IML para fazer a necropsia para saber com precisão às causas da morte. Ainda de acordo com o perito, a advogada teve em torno de sete perfurações da região do pescoço por uma arma branca.

O delegado regional de Piripiri, Dr. Jorge Terceiro, também esteve acompanhando o trabalho da policia técnica e informou que agora entra em campo para poder identificar a autora do crime.    

A OAB-Piauí divulgou uma nota de pesar repudiando e lamentando o assassinato da advogada Izadora Mourão. A diretoria decretou luto oficial de três dias e afirmou que estão no município de Pedro II prestando toda a assistência à família e cobrando das autoridades policiais providências urgentes.

Dra. Izadora, era advogada com especialização em Direito Previdenciário e Direito Processual do Trabalho, Assistente Social com especialização em Gerontologia Social, professora de Português, Literatura e Redação com especialização em Gestão de Recursos Humanos e era muito conhecida em Pedro II e região.

Dê sua opinião:

Voltar para o topo