4 de Julho entra no Top 3 de times da Série D com maior sequência sem vitórias no torneio

Colorado garante vaga em ranking indesejado com clubes que não veem triunfo há tempos nesta edição da Quarta Divisão

A derrota por 2 a 1 para o Fluminense-PI rendeu ao 4 de Julho vaga em uma lista não tão desejada. O Colorado atingiu o Top 3 de clubes da Série D do Brasileiro desde ano com maior sequência sem vitórias na competição.

Atualmente, o Gavião divide a terceira colocação com o Próspera, de Santa Catarina, e o Porto Velho, de Rondônia. Os três times estão sem vencer há sete jogos na Série D.


Veja o Top 3 completo abaixo:

  • Ação-MT, Caldense e Náutico-RR: 10 jogos
  • Grêmio Anápolis: 9 jogos
  • 4 de Julho, Próspera (SC) e Porto Velho (RO): 7 jogos

Outros times estão próximos do 4 de Julho na lista. O Ceilândia, do Distrito Federal, está há seis jogos sem vencer na Série D.

O Oeste, de São Paulo; o Real Noroeste, do Espírito Santo; o São Paulo Crystal, da Paraíba, e o Humaitá, do Acre, estão há cinco.

O Humaitá, que também está na lista de jejum da Série D, foi treinado neste ano pelo atual técnico do 4 de Julho, Emanoel Sacramento. O treinador chegou a comandar o clube acreano em três partidas, contra o Amazonas, Porto Velho e Rio Branco, e perdeu todas.

Emanoel Sacramento, ex-técnico do Humaitá — Foto: Arquivo pessoal/Manoel Façanha

Emanoel Sacramento, ex-técnico do Humaitá — Foto: Arquivo pessoal/Manoel Façanha

Pelo 4 de Julho, Emanoel Sacramento ainda não conseguiu vencer no comando da equipe. Foram cinco partidas: quatro empates e uma derrota. O Colorado atualmente ocupa a 7ª posição da Série D do Brasileiro com nove pontos conquistados em 10 jogos disputados.

Para encerrar a sequência sem vitórias nos jogos, o 4 de Julho vai precisar visitar o Castanhal e vencer a próxima partida, fora de casa, pela competição nacional.

O próximo jogo do Gavião está agendado para sábado, às 15h30, no estádio Modelão, na cidade de Castanhal, no Pará. Se perder, uma combinação de resultados pode eliminar o 4 de Julho com antecedência.

Fonte: globoesporte.globo.com/pi

Dê sua opinião:

Voltar para o topo