Triste por goleada para São Paulo, goleiro do 4 de Julho relata baque após nove gols: “Fazer o quê?

Jailson fala sobre sensação depois de atropelo histórico e sentimento de frustração com queda no Morumbi: “Poderia ter sido de outro modo”

Gol Pablo São Paulo x 4 de Julho — Foto: Marcos Ribolli

Jailson demorou algumas horas para começar a digerir a goleada histórica por 9 a 1 sofrida para o São Paulo no Morumbi. Veja os gols acima. O histórico placar do jogo de volta da 3ª fase da competição nacional virou o principal ponto de reflexão do camisa 1, que se despediu do torneio ainda anestesiado pelo sacode. O Tricolor avançou às oitavas de final.

- A gente fica triste pelo resultado do jogo. Não é o que a gente esperava, mas é levantar a cabeça. O São Paulo é uma grande equipe, muito qualificada no futebol brasileiro, conhecida mundialmente. A gente fica triste porque poderia ter sido de outro modo, mas infelizmente não foi. Era para ser assim. Vida que segue – disse o goleiro após a partida.

Pablo lamenta gol anulado em São Paulo x 4 de Julho — Foto: Marcos Ribolli

Pablo lamenta gol anulado em São Paulo x 4 de Julho — Foto: Marcos Ribolli

Depois de vencer o jogo de ida por 3 a 2, em Teresina, o 4 de Julho saiu na frente no confronto de volta: Dudu Beberibe marcou com 30 segundos de bola rolando e caiu no choro na comemoração. Contudo, o São Paulo conseguiu em grande estilo a virada no placar: Pablo (3), Luciano (2), Gabriel Sara, Rigoni e Bruno Alves. Chico Bala anotou contra.

- Muito complicado você tomar nove gols numa partida, mas fazer o quê? Aconteceu. Agora é descansar levantar a cabeça e focar na Série D – finalizou Jailson.

O Colorado volta todos os olhares para a 4ª divisão nacional. O time desembarca nesta segunda-feira, em Teresina, e entra em campo no próximo sábado, contra o Imperatriz, às 19h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri.

Fonte: globoesporte.globo.com/pi

Dê sua opinião:

Voltar para o topo