Técnico do 4 de Julho avalia período de evolução e busca se aproximar do G-4 contra o Fluminense-PI

Mesmo sem ter conseguido vitórias, o treinador citou que ao mesmo tempo, a equipe ainda não perdeu com o seu comando

Emanoel Sacramento, técnico do 4 de Julho, avaliou que o clube colorado vive um processo de evolução desde sua chegada. Mesmo sem ter conseguido vitórias, o treinador citou que ao mesmo tempo, a equipe ainda não perdeu com o seu comando. E em busca de sua primeira vitória, vencer o Fluminense-PI seria de suma importância, segundo o treinador, quando o foco é se aproximar do G-4 da Série D do Brasileiro.

- A questão das vitórias, sem dúvidas é uma situação que incomoda qualquer equipe. O 4 de Julho, está no meu comando, quatro jogos sem vencer, mas também são quatro empates. E a gente percebe uma boa evolução da equipe. O jogo lá contra o Tocantinópolis poderíamos ter vencido. O jogo aqui também. O jogo contra o Juventude Samas poderíamos ter vencido o jogo também. Mas futebol esses detalhes que permeiam o jogo em si e que, às vezes, não te dá possibilidade de estar vencendo – afirmou Emanoel Sacramento.

- Mas também tem a questão que a equipe não perdeu. Estamos brigando aí com uma situação importante. Uma vitória coloca a gente muito próximo da zona de classificação. E é nesse sentido que nós vamos buscar. É um jogo muito disputado, duas equipes muito bem qualificada, duas equipes fortíssima, que tem demonstrado isso no decorrer do ano. Tem que se respeitar muito o Fluminense-PI –comentou o treinador.

Sacramento valorizou bastante a evolução física que a equipe teve na última partida. O treinador questionou recentemente em coletiva de imprensa o desempenho físico dos atletas e classificou que não estava o ideal. Para o último jogo, ele percebeu uma mudança considerável, o que deixou o técnico mais contente.


- A equipe evoluiu bastante na parte física, jogamos de igual para igual contra o Tocantinópolis lá na casa deles. Todo mundo sabe que não é nada fácil jogar lá. Um jogo muito difícil, muito complicado. A ação lá é muito rápida por conta do tamanho do campo, né? Todo momento você está em no jogo e está próximo do teu gol ou então você está próximo do gol do adversário. E foi assim o jogo todo um jogo muito movimentado e a equipe demonstrou a parte física muito boa, muito acentuada. A parte tática também evoluiu bastante – citou o técnico.

- Nós fizemos uma formação diferente e esperamos que pudéssemos continuar evoluindo e, é claro, os pequenos detalhes serem aperfeiçoados. Isso para gente poder fazer os gols e saber administrar as vantagens, pois tivemos em dois momentos com a vitória praticamente na mão e permitimos o empate do adversário. Então, esperamos evoluir também nessa parte para poder buscar a vitória ou as vitórias que nos leva a classificação na próxima fase – finalizou Sacramento.

Equipe do 4 de Julho — Foto: Arthur Ribeiro

Equipe do 4 de Julho — Foto: Arthur Ribeiro

O 4 de Julho segue sem vencer na temporada há seis jogos. Ao todo foram uma derrota e cinco empates (de forma seguida). A última vitória do Colorado foi no dia 30 de abril, contra a Tuna Luso, em Piripiri.

Atualmente, o 4 de Julho está com nove pontos e em 7º lugar no Grupo 2 da Série D do Brasileiro. Uma vitória contra o Fluminense-PI deixaria o time mais próximo do G-4, mas não garantiria uma vaga dentro da zona de classificação.

Arena Ytacoatiara — Foto: Arthur Ribeiro

Arena Ytacoatiara — Foto: Arthur Ribeiro

Mesmo que o Castanhal perca e o Juventude Samas tropece, o Gavião ficaria no máximo em quinto lugar, pois o time de Piripiri empataria no número de pontos com o Castanhal, mas ficaria para trás no número de vitórias.


Fonte: Globoesporte.com

Dê sua opinião:

Voltar para o topo